Resiliência e gratidão

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

De acordo com o Aurélio, resiliência é a propriedade que determinados materiais apresentam de voltar ao estado natural tempos depois de sofrer alguma deformação. No caso dos seres humanos, resiliência está associada à capacidade de alguém retornar ao estado normal depois de passar por um choque emocional ou dificuldade de qualquer natureza.

Todos os dias a capacidade de resiliência do ser humano é testada, razão pela qual resiliência é a palavra de ordem para o seu desenvolvimento profissional e pessoal. Quanto maior a sua capacidade de resiliência, maior a chance de você crescer interiormente, conquistar seus objetivos e sair fortalecido para os inúmeros desafios que a vida vai apresentar até o fim da sua experiência terrena.

resiliência-corporativa

Por experiência própria, posso dizer que a capacidade de resiliência do ser humano é inesgotável. Por inúmeras vezes eu me vi em situações que pareciam irreversíveis, no âmbito pessoal e profissional. Há muito tempo eu tomei o carro emprestado de um colega de trabalho, dois dias depois de ele ter cancelado o seguro. O dia estava chuvoso e, apesar de todas as recomendações, você deve estar imaginando o que aconteceu.

Minha inexperiência no trânsito curitibano provocou um prejuízo que eu levaria alguns anos para pagar, entretanto, quando eu acreditava que o mundo ia desabar e tudo estava perdido, por conta do acidente, problemas de saúde e uma série de dívidas acumuladas, uma grande alma apareceu na minha vida e mudou a história dos acontecimentos.

A despeito de todas as dificuldades encontradas ao longo do caminho, eu procurei cultivar a maior de todas as virtudes: a gratidão. Eu havia confidenciado para essa boa alma o meu drama e, praticamente um mês depois do ocorrido, recebi um cheque polpudo na época, fruto de uma “vaquinha” organizada junto aos colegas de trabalho com intuito de amenizar o meu sofrimento. Seu nome é José Moraes de Barros Neto, um grande ser humano, além de mentor, por quem eu tenho a maior consideração embora ele já tenha partido desse mundo.

Inúmeros obstáculos eu encontrei pelo caminho, mas a vida foi generosa comigo. Vim para Curitiba com a cara e a coragem, dinheiro apenas para o básico, consegui trabalhar em oito empresas diferentes em trinta anos de carreira, não hesitei em abandonar um emprego para não perder outro mais promissor, tive a oportunidade de conviver com dezenas de chefes exemplares, outros nem tanto e, além de ter passado pela terrível experiência de demitir em torno de trinta pessoas durante a carreira, fui demitido também, graças a Deus, e aprendi muito.

Se isso não tivesse ocorrido, dificilmente eu teria direcionado esforços para a minha verdadeira vocação. Hoje eu posso dizer que nada mais me assusta, pois tenho convicção de que a resiliência faz parte da minha caixa de ferramentas pessoal para resolução de problemas. Todas as adversidades nos fazem crescer, portanto, basta uma simples convicção de que somos capazes e a nossa capacidade de resiliência se encarrega de recolocar nossa vida nos trilhos.

Segundo Montaigne, pensador francês, “os mais severos e freqüentes males são aqueles que a imaginação nos faz alimentar”, razão pela qual a maioria dos problemas está muito mais na nossa cabeça do que na nossa capacidade de solução. Problemas vão e vêm, portanto, não se preocupe com a origem, mas com a melhor forma de resolvê-los. Para todos os problemas a vida nos apresenta uma ou mais soluções desde que sejamos maiores do que eles.

Ser pessimista e desmotivado é fácil. Difícil é ser agradecido depois de enfrentar situações que parecem ir além dos nossos limites. Ao praticar a gratidão, depois de cada problema resolvido, a resiliência fará parte da nossa consciência e vocabulário. Resiliência e gratidão é tudo o que você precisa para enfrentar as adversidades que o acompanharão durante toda a vida.

 Pense nisso e seja feliz!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *