Você está se preparando?

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

De acordo com Malcolm Gladwell, autor do best seller Fora de Série (Outliers), o sucesso depende de três coisas distintas, porém complementares: talento, preparação e oportunidade.

Talento é algo comum para todos os seres humanos. Eu tenho um, você tem outro e as pessoas ao seu redor também. Há sempre algo que podemos fazer melhor do que os outros, a questão é descobrir o que nos faz mais engajados em determinadas atividades.

Preparação é algo que depende do talento. Quando você descobre o verdadeiro talento, ou vocação, entra no ar a segunda fase. Você pode ter ouvido para música, mas se não aprender a ler partituras, ouvir e praticar o instrumento até seus dedos e suas cordas vocais cansarem, ou seja, não se aperfeiçoar, o talento se perde.

Oportunidade depende de ambos, preparação e talento, e para alcança-la é necessário colocar em prática duas virtudes essenciais: foco e persistência. É aqui que a maioria se perde ou desiste no meio do caminho. Contudo, de que adianta aparecer uma oportunidade para trabalhar nos Estados Unidos se você não domina, pelo menos, o inglês avançado?

Artigo de Jerônimo Mendes

Permita-me utilizar um exemplo pessoal. Antes de completar cinquenta anos, eu sabia que poderia voar mais alto se tivesse coragem de deixar uma carreira promissora como empregado ou associado de uma grande empresa de consultoria.

O que fazer, então? Durante mais de cinco anos eu fui me preparando em paralelo enquanto dava o máximo de mim durante o dia. De noite e nos fins-de-semana, aproveitando as janelas de tempo, comecei a dar aulas em uma universidade particular, parti para um mestrado profissional, investi pesado em cursos de coaching, escrevi mais de trezentos artigos, publiquei seis livros, estabeleci uma boa rede de contatos, desenhei um bom modelo de negócio e, assim, criei coragem para ganhar o mundo.

Por mais incrível que pareça, as oportunidades surgiram aos montes na medida em que eu fui apresentando meu trabalho e conhecendo mais pessoas e mais e mais pessoas. Como diz aquele velho ditado, quando você quer alguma coisa e se prepara para isso, o universo conspira a favor.

Obviamente, o mercado é competitivo e existem dezenas de profissionais se preparando tanto quanto eu, mas aí entra uma outra questão essencial: a sua vantagem competitiva. O fato de eu ter trabalhado em oito empresas de diferentes segmentos – papel e celulose, bombas, banco, bebidas, petróleo, caminhões pesados, siderurgia e consultoria –, além da experiência de trinta anos e dos cabelos brancos, sempre falam mais alto, entretanto, não se pode relaxar.

Aqui estão algumas questões fundamentais que me ajudaram e, certamente, vão ajudar aqueles que ainda não descobriram a sua verdadeira missão:

  1. Se você ainda não sabe, continue lutando todos os dias para descobrir onde você pode contribuir e se realizar mais com o que você sabe fazer de melhor;
  2. Quando descobrir, não perca o foco; quem quer ser tudo para todos acaba não sendo nada para ninguém;
  3. Participe de cursos, palestras e treinamentos sempre que puder, isso vai ajuda-lo a aperfeiçoar o seu talento; procure seguir o caminho da maestria;
  4. Estabeleça um bom networking e não tenha medo de pedir; pedir não ofende.
  5. A sorte favorece os que são persistentes, portanto, nunca desista; leva tempo para consolidar um nome, uma marca, uma posição na mente do cliente.

Em resumo: não basta ter talento, é necessário preparação e aperfeiçoamento das habilidades e, acima de tudo, você precisa cavar oportunidades o tempo todo e dar a cara para bater, caso contrário, ninguém vai até a sua casa perguntar se você está precisando de emprego, de serviço ou de dinheiro.

Pense nisso e empreenda mais e melhor!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn
2 Comments

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *