Para onde está fluindo a sua energia vital?

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Alguma vez você já parou para refletir sobre a quantidade de energia vital desperdiçada para responder um post nas redes sociais e discutir virtualmente com os amigos, cuja ideia central você não concorda? Ou mesmo para dar uma resposta minimamente sensata só para mostrar que você participa, tem uma posição ou sabe algo a respeito?

Energia vital é toda energia utilizada para manter o corpo e a mente em bom estado de funcionamento e que, por sua vez, gera equilíbrio, pensamentos positivos, ideias criativas e, por consequência, uma relação saudável com as demais pessoas, consigo mesmo e com a natureza, a mãe de todas as coisas.

Quando é que você desperdiça energia vital? Quando utiliza as quatro principais características do ser humano – competição, impulsividade, preconceito e influência (sofrida ou exercida) para tripudiar os outros, para tentar provar que você é melhor ou para sustentar a ideia que você está certo e os demais estão errados.

Existem coisas que são imutáveis, goste você ou não. Mudar as pessoas, por exemplo, raramente depende de você. Isso só é possível se a pessoa lhe conceder permissão, de maneira civilizada, por meio de muita argumentação baseada em fatos e dados concretos, além de toda confiança embutida na relação.

Portanto, nada do que você disser muda um milímetro no posicionamento das demais pessoas. As pessoas são o que são e só mudam se vislumbrarem alguma vantagem ou algum sentido naquilo que você diz, de acordo com os seus próprios modelos mentais.

Você pode ter estudado na melhor universidade do planeta, ter sido um aluno brilhante e ter lido milhares de livros, porém algumas pessoas sempre vão optar por considerá-lo imbecil apenas porque não concordam em nada com o que você diz, sem te dar a menor chance de argumentação.

O mundo é assim e a realidade é o que ela é, portanto, antes de responder avalie se a discussão vale a pena. Energia vital é algo precioso e quando desperdiçada sem um propósito claro, apenas para demonstrar o que você pensa que sabe, o maior prejudicado é você mesmo.

Dependendo da situação, é melhor calar-se e canalizar energia vital para coisas boas, tais como a realização dos seus objetivos e metas. Os sonhos são construídos com muito esforço e persistência e, nesse caso, a energia vital é indispensável para torna-los realidade.

Além do mais, já dizia Sir Isaac Newton, o grande físico inglês, o que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano. E, pra dizer a verdade, tenho dúvidas sobre a consistência dessa gota.

Pense nisso e seja bem mais feliz!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *